Campanha Mares Limpos #CleanSeasCampaign

O Programa das Nações Unidas para o Ambiente (PNUA) lançou, no passado mês de fevereiro, a Campanha Mares Limpos (Clean Seas Campaign), uma campanha mundial para eliminar, até 2022, as principais fontes de lixo marinho: microplásticos em produtos de cosmética e o desperdício e uso excessivo de plásticos descartáveis.
A Campanha Mares Limpos pretende trabalhar com governos, indústria e consumidores para reduzir a produção e o uso excessivo de plásticos que estão a poluir os oceanos, prejudicam a vida marinha e ameaçam a saúde humana.
Todos os anos mais de 8 milhões de toneladas de plástico acabam nos oceanos, devastando a vida marinha, as pescas e o turismo e custando, pelo menos, 8 mil milhões de dólares em prejuízos para os ecossistemas marinhos. Mais de 80% de todo o lixo que existe nos oceanos é plástico.

De acordo com algumas estimativas se mantivermos o atual ritmo de produção de resíduos como garrafas, sacos e copos de plástico descartáveis, em 2050 haverá mais plástico do que peixes no mar e 99% das aves marinhas terão consumido restos destes resíduos.

Em concreto, a Campanha pede aos governos que aprovem políticas de redução de plásticos; procura que as indústrias minimizem as embalagens em plástico e redesenhem os produtos e apela aos consumidores que alterem os seus hábitos de produção de resíduos descartáveis, antes que sejam provocados danos irreversíveis nos nossos mares e oceanos.

Consulte o website oficial da Campanha – http://www.cleanseas.org/ – e veja que ações pode tomar para acabar com os plásticos nos oceanos.

Deixe uma resposta